NINGUÉDM TEM MAIS DÚVIDA: O BRASIL JÁ É UM PAÍS COMUNISTA, DOMINADO POR UMA COMUNALHA DESQUALIFICADA

24

OS ÚLTIMOS ESFORÇOS ESTÃO SENDO TENTADOS PARA EVITAR A REALIDADE QUE SE APRESENTA INEVITÁVEL, PREPARADA PELOS FANÁTICOS GRAMSCISTAS DESDE FHC.

POR ÚLTIMO, VEMOS UM SÉRGIO MORO ACUADO, TENTANDO CONTORNAR UMA GRAVE SITUAÇÃO HÁ MUITO PREPARADA, PRINCIPALMENTE COM AS FF.AA inutilizadas (responsáveis pela manutenção da nossa atual Constituição) E À MERCÊ DA COMUNALHA DO desGOVERNO.

COMO ENFRENTAR ORGANIZAÇÕES REGIAMENTE ALIMENTADAS PELO ATUAL desGOVERNO COM A ASTONÔMICA CIFRA ATUALMENTE ROUBADA e alimentando a gana dos fanáticos esquerdistas empregados pelo desgoverno (são milhares de falsos brasileiros):  GUARDA NACIONAL, MST, MLST, VIA CAMPESINA, MLST dos POBRES, E DE TODOS OS ESCONDIDOS das AÇÃO LIBERTADORA NACIONAL (ALN)
– ANTES: ALA MARIGHELA E AC/SP (AGRUPAMENTO COMUNISTA DE SAO PAULO)- AÇÃO POPULAR (AP)
AÇÃO POPULAR MARXISTA LENINISTA (APML); AÇÃO POPULAR MARXISTA LENINISTA DO BRASIL (APML do B); AÇÃO POPULAR MARXISTA LENINISTA SOCIALISTA (APML SOC)- AGRUPAMENTO COMUNISTA DE SAO PAULO (AC/SP)- ALA MARIGHELA- ALA PRESTES- ALA VERMELHA (AV)
No primeiro semestre de de 1968, houve um Conselho da UNE, que contou com a presença de elementos do P do B. Criou-se uma Comissão Nacional de Consulta (CNC), que reunida em Campos do Jordão, no início do ano seguinte, fundou a ALA VERMELHA do PC do B, porém propugnava a ação imediata, considerando que o partido estava perdendo impulsão.- ALIANÇA DE LIBERTAÇÃO PROLETARIA (ALP)- ALIANÇA NACIONAL LIBERTADORA (ANL)- ALICERCE DA JUVENTUDE SOCIALISTA (AJS): DA CS- COLETIVO AUTONOMISTA (CA)- COLETIVO GREGORIO BEZERRA = VER PLP- COMANDO DE LIBERTAÇÃO NACIONAL (COLINA)- COMITE LUIZ CARLOS PRESTES (CLCP)- COMITE DE LIGAÇÃO DOS TROTSKISTAS BRASILEIROS (CLTB)- COMITE DE ORGANIZAÇÃO PARA RECONSTRUÇÃO DA QUARTA INTERNACIONAL (CORQI)- CONVERGÊNCIA SOCIALISTA (CS)- CORRENTE REVOLUCIONÁRIA NACIONAL (CORRENTE)- DEMOCRACIA SOCIALISTA (DS)- DISSIDÊNCIA DA DISSIDÊNCIA (DDD)- Em 1969, alguns elementos da Dissidência Guanabara (DI/GB) não seguiram àqueles que formaram o “segundo” Movimento Revolucionário Oito de Outubro (MR-8), permanecendo isolados na DDD. Posteriormente, aliaram-se ao Comando de Libertação Nacional (COLINA).- DISSIDÊNCIA DA GUANABARA (DI/GB)
– DEPOIS: MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO OITO DE OUTUBRO (2º) (MR-8)- DISSIDÊNCIA LENINISTA DO RIO GRANDE DO SUL (DL/RS)- DISSIDÊNCIA DE NITEROI (DI/NIT)- DEPOIS: MORELN; DEPOIS: MR-8 (1º)- DISSIDÊNCIA DE SAO PAULO (DI/SP)- DISSIDÊNCIA DA VAR-PALMARES (DVP)
Surgiu em 1969, como o próprio nome indica, de uma dissidência na VAR/PALMARES. Agiu em São Paulo, Guanabara e Minas Gerais. Linha Militarista.
– DEPOIS: LIGA OPERÁRIA (LO) = GRUPO UNIDADE (GU)- FORÇA ARMADA DE LIBERTAÇÃO NACIONAL (FALN)
Fundada em 1969 por elementos da Aliaça Libertadora Nacional (ALN), em São Paulo. Visava preparar o Comando do Exército Popular.
– DE RIBEIRAO PRETO/SP- FORÇA DE LIBERTAÇÃO NACIONAL (FLN)
Surgiu em 1970, formada por dissidentes do Movimento Nacionalsta Revolucionário (MNR). Propunha unir as esquerdas e dava apoio Às outras organizações subversivas.- FRENTE BRASILEIRA DE INFORMAÇOES (FBI)- FRENTE REVOLUCIONÁRIA POPULAR (FREP)- FRAÇÃO BOLCHEVIQUE (FB)- FRAÇÃO BOLCHEVIQUE DA POLITICA OPERÁRIA (FB-PO) = GRUPO CAMPANHA-Surgiu em 1970/1971 como dissidência da Organização de Combate Marxista Leninista – Politica Operária (OCML-PO). É fruto da ambição política. Visava a integração operário / estudante. Massista.- FRAÇÃO BOLCHEVIQUE TROTSKISTA (FBT)-Um grupo do Partido Operário Revolucionário Trotskista (PORT) – particularmente do Rio Grande do Sul – rompeu com a organização em meados de 1968, visando reformular a linha do partido e ligando-se ao Comitê Internacional para a reorganização da IV Internacional, dirigido por Pierre Lambert.- FRAÇÃO LENINISTA PELA RECONSTRUÇÃO DO PARTIDO (FLRP)

– FRAÇÃO LENINISTA TROTSKISTA (FLT)

– FRAÇÃO OPERÁRIA COMUNISTA (FOC)

– FRAÇÃO OPERÁRIA TROTSKISTA (FOT)

– FRAÇÃO QUARTA INTERNACIONAL (FQI)

– FRAÇÃO UNITÁRIA PELA RECONSTRUÇÃO DO PARTIDO (FURP)

– FRENTE DE AÇÃO REVOLUCIONÁRIA BRASILEIRA (FARB)

– FRENTE DEMOCRATICA DE LIBERTAÇÃO NACIONAL (FDLN)

– FRENTE DE LIBERTAÇÃO NACIONAL (FLN)
O lançamento da FLN ocorreu em outubro de 1961, na cidade de Goiânia / GO. O manifesto de criação ficou conhecido como “Declaração de Goiânia”. A FLN era composta por diversos políticos escolhidos com a finalidade de mascarar a orientação comunista do movimento. Foi uma tentaiva importante de formação de uma frente única das esquerdas, inspiradas no “nacionalismo” e fundamentada em motivos de “emancipação econômica”. É o ressurgimento – até em semelhança de nomes – da experiência da Frente Democrática de Libertação Nacional (FDLN), lançada no manifesto de 1950. Suas peças de manobra seriam o “Grupo dos Onze”, elementos de combate, destinados a constituir o embrião do Exército de Libertaçã Nacioanl da FLN.

– FRENTE DE MOBILIZAÇÃO REVOLUCIONÁRIA (FMR)

– GRUPO BOLCHEVIQUE LENIN (GBL)

– GRUPO CAMPANHA = FB-PO

– GRUPO FRACIONISTA TROTSKISTA (GFT)

– GRUPO INDEPENDÊNCIA OU MORTE (GIM)
– DEPOIS: RESISTENCIA ARMADA NACIONAL (RAN)

– GRUPO POLÍTICO REVOLUCIONÁRIO (GPR)
Originou-se em Minas Gerais, em 1970, composto popr dissidentes da Vanguarda Armada Revolucionária (VAR) e da Aliança Libertadora Nacional (ALN). Pregava a união das esquerdas . Ingressou na Liga OPERÁRIA (LO), onde permaneceu como remanescente.

– GRUPO TACAPE (DO PCDOB)

– JUNTA DE COORDENAÇÃO REVOLUCIONÁRIA (JCR)

– LIGA DE AÇÃO REVOLUCIONÁRIA (LAR)

– LIGA COMUNISTA INTERNACIONALISTA (LCI)

– LIGA OPERÁRIA (LO)
Surgiu em 1970 como fusão da Dissidência da Var-Palmares (DVP) e do Grupo Político Revolucionário (GPR). Trabalho de massa no meio operário.

– LIGA OPERÁRIA E CAMPONESA (LOC)

– LIGA SOCIALISTA INDEPENDENTE (LSI)

– LIGAS CAMPONESAS

– MOVIMENTO DE AÇÃO REVOLUCIONÁRIA (MAR)
Foi fundado na Penitenciária LEMOS DE BRITO, localizada na GUANABARA, por ex- integrantes do Movimento Nacionalista Revolucionário (MNR). Linha militarista.

– MOVIMENTO DE AÇÃO SOCIALISTA (MAS)

– MOVIMENTO COMUNISTA INTERNACIONALISTA (MCI)

– MOVIMENTO COMUNISTA REVOLUCIONÁRIO (MCR)

– MOVIMENTO PELA EMANCIPAÇÃO DO PROLETARIADO (MEP)

– MOVIMENTO DE LIBERTAÇÃO POPULAR (MOLIPO)
Foi fundado em 1971 por 28 quadros vindos da Cuba. Inicialmente conhecido como GRUPO DA ILHA. Dissidência da Aliança Libertadora Nacional (ALN).

– MOVIMENTO NACIONALISTA REVOLUCIONÁRIO (MNR)
Foi a primeira organização de vulto que apareceu no cenário das esquerdas após a Contrarrevolução de Março de 1964. Surgiu fora dos quadros das organizações comunistas que atuavam àquela época (PCB, POLOP, PC do B, PORT, etc), apesar de ter com elas, afinidades ideológicas e o mesmo sentido de contestação ao governo.

Em seu nível de direção, estavam intelectuais, políticos que haviam participado ativamente da subversão anterior ao 31 de março de 1964 e vários militares (oficiais e praças) cassados ou simpatizantes comunistas.

Foi responsável pela criação da “FRENTE CAPARAÓ”, que pretendeu implantar um foco guerrilheiro entre os Estados de Minas Gerais e Espírito Santo, em fins de novembro de 1966, e desbaratado em abril do ano seguinte.

O fracasso da FRENTE aniquilou o MNR da Guanabara, enquanto que os elementos de São Paulo se uniram aos remanescentes da POLOP para constituir a Vanguarda Popular Revolucionária (VPR).

Posteriormente, elementos do MNR da Guanabara tentaram reativar as bases do movimento e criaram a Resistência Armada Nacional (RAN), atingida seriamente, em 1972, pelos órgãos de segurança e informações. Houve, ainda, uma tentativa por parte de elementos que fugiram da Penitenciária Lemos de Brito de organizar outro grupo, que se chamou Movimento Armado Revolucionário (MAR) e não produziu maiores consequências.

– MOVIMENTO OPERÁRIO DE LIBERTAÇÃO (MOL)

– MOVIMENTO DE ORGANIZAÇÃO E LUTA (MOL)
Surgiu na Bahia entre 1968 e 1970, como um movimento de esquerda no meio estudantil, a fim de combater a política educacional do governo.

– MOVIMENTO POPULAR DE LIBERTAÇÃO (MPL)
Criado em 1966 por elementos do Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Ligado a políticos cassados, particularmente àqueles que participaram da criação da Frente de Libertação Nacional / 61, em Goiânia / GO.

– MOVIMENTO POPULAR REVOLUCIONÁRIO (MPR)
Surgiu em 1970 / 1971 formado por dissidentes da Liga operária (LO) e Dissidência da Var-Palmares (DVP). Foi absorvido pela Vanguarda Popular Revolucionaria / 2 (VPR/2)

– MOVIMENTO PELA REVOLUÇÃO PROLETARIA (MRP)

– MOVIMENTO DE RESISTÊNCIA MILITAR NACIONALISTA (MRMN)

– MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO DE LIBERTAÇÃO NACIONAL (MORELN)
– ANTES: DISSIDÊNCIA DE NITEROI (DI/NIT); DEPOIS:

– MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO MARXISTA (MRM)
Surgiu em São Paulo, em 1970, como dissidência da Ala Vermelha (AV)
– DEPOIS: ORGANIZAÇÃO PARTIDARIA CLASSE OPERÁRIO REVOLUCIONÁRIA (OPCOR)

– MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO NACIONAL

– MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO OITO DE OUTUBRO (1º) (MR-8)
– ANTES: DISSIDÊNCIA DE NITEROI (DI/NIT) E MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO DE LIBERTAÇÃO NACIONAL (MORELN)

– MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO OITO DE OUTUBRO (2º) (MR-8)
Surgiu em 1968, oriundo dos elementos da DISSIDÊNCIA do PC do B da GUANABARA, que adotavam a mesma sigla anteriormente utilizada pela DI / FLUMINENSE. Visando “trabalhar” o campo estudantil, criou um organismo específico: o MOVIMENTO UNIVERSITÁRIO DE RESISTÊNCIA À DITADURA (MURD).
– ANTES: DISSIDÊNCIA DA GUANABARA (DI/GB)

– MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO 4 DE NOVEMBRO (MR-4)

– MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO VINTE E SEIS DE MARÇO (MR-26)
Surgiu em 1969, no Rio Grande do Sul. Linha militarista.

– MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO TIRADENTES (MRT)
Surgiu em São Paulo, no ano de 1969, como dissidência da ALA VERMELHA. Linha militarista.

– MTS

– MARX, MAO, MARIGHELA – GUEVARA (M3G)
Surgiu em 1970 como dissidência da Aliança Libertadora Nacional (ALN).

– NUCLEO COMBATE BRASILEIRO (NCB)

– NUCLEO MARXISTA-LENINISTA (NML)
Surgiu em 1968, formado por dissidentes da Ação Popular (AP). Posteriormente se união ao Comando de Libertação Nacional (COLINA).

– ORGANIZAÇÃO DE COMBATE MARXISTA LENINISTA – POLITICA OPERÁRIA (OCML-PO)
Apareceu em 1970 como dissidência do Partido Operário Comunista (POC).

– ORGANIZAÇÃO COMUNISTA DEMOCRACIA PROLETARIA (OCDP)

– ORGANIZAÇÃO COMUNISTA PRIMEIRO DE MAIO (OC-1º MAIO)

– ORGANIZAÇÃO COMUNISTA DO SUL (OCS)

– ORGANIZAÇÃO MARXISTA BRASILEIRA (OMB)

– ORGANIZAÇÃO DE MOBILIZAÇÃO OPERÁRIA (OMO)

– ORGANIZAÇÃO PARTIDARIA CLASSE OPERÁRIA REVOLUCIONÁRIA (OPCOR)
Foi fundada, em 1971, por remanescentes do Movimento Revolucionário Marxista (MRM) e da Ala Vermelha ( ALA / V)
– ANTES: MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO MARXISTA (MRM)

– ORGANIZAÇÃO QUARTA INTERNACIONAL (OQI)

– ORGANIZAÇÃO REVOLUCIONÁRIA MARXISTA – DEMOCRACIA SOCIALISTA (ORM-DS)

– ORGANIZAÇÃO REVOLUCIONÁRIA TROTSKISTA (ORT)

– ORGANIZAÇÃO SOCIALISTA INTERNACIONALISTA (OSI)

– PARTIDO COMUNISTA BRASILEIRO (PCB) (AGO 61)

– PARTIDO COMUNISTA – SEÇÃO BRASILEIRA DA INTERNACIONAL COMUNISTA (PC-SBIC)
– 01 AGO 34: PARTIDO COMUNISTA DO BRASIL (PCB)

– PARTIDO COMUNISTA BRASILEIRO REVOLUCIONÁRIO (PCBR)

– PARTIDO COMUNISTA DO BRASIL (PCdoB)

– PARTIDO COMUNISTA MARXISTA LENINISTA (PCML)

– PARTIDO COMUNISTA NOVO (PCN)

– PARTIDO COMUNISTA REVOLUCIONÁRIO (PCR)
Criado em 1966 por elementos do Partido Comunista do Brasil, que consideravam o partido reformista. Eram massistas, linha chinesa.

– PARTIDO DA LIBERTAÇÃO PROLETÁRIA (PLP)
– 90: É O NOVO NOME DO COLETIVO GREGORIO BEZERRA (CGB)

– PARTIDO OPERÁRIO COMUNISTA (POC)
– DEPOIS: PARTIDO OPERÁRIO COMUNISTA – COMBATE (POC-C)

– PARTIDO OPERÁRIO INDEPENDENTE (POI)

– PARTIDO OPERÁRIO LENINISTA (POL)

– PARTIDO OPERÁRIO REVOLUCIONÁRIO TROTSKISTA (PORT)
Por discordâncias ideológicas, vários militantes comunistas, seguidores de Trotski, foram alijados do Partido Comunista do Brasil (PCB), na época do III Congresso (1928-29). Somente com a criação da IV Internacional, em 1938, é que passaram a ter uma referência. O PORT foi criado no Brasil em 1955, mas somente em fevereiro de 1963, veio a fazer o seu I Congresso. Apresentava-se como a “Seção Brasileira da IV Internacional” de “Tendência Posadista”, relacionando a Juan Posadas.
– PARTIDO OPERÁRIO SOCIALISTA (POS)

– PARTIDO DA REVOLUÇÃO OPERÁRIA (PRO)

– PARTIDO REVOLUCIONÁRIO COMUNISTA (PRC)

– PARTIDO REVOLUCIONÁRIO DO PROLETARIADO (PRP)
Criado em 1966, em Belo Horizonte, por elementos dissidentes da Ação Popular (AP)

– PARTIDO REVOLUCIONÁRIO DOS TRABALHADORES (PRT)
Em fins de 1968, elementos da cúpula da Ação Popular (AP), reunidos no interior de São Paulo, resolveram formar o PRT. Era radical massista, linha chinesa.

– PARTIDO REVOLUCIONÁRIO TROTSKISTA (PRT)

– PARTIDO SOCIALISTA REVOLUCIONÁRIO (PSR)

– PARTIDO SOCIALISTA DOS TRABALHADORES (PST)

– PARTIDO TRABALHISTA BRASILEIRO REVOLUCIONÁRIO (PTBR)
Surgiu em 1969 / 1970 e visava a união das esquerdas, recrutando também elementos dos partidos políticos legais.

– PARTIDO UNIFICADO DO PROLETARIADO BRASILEIRO (PUPB)
Apareceu em São Paulo, em 1969, como dissidência do Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Maoista.

– POLITICA OPERÁRIA (POLOP; PO)

– PONTO DE PARTIDA (PP)

– RECONSTRUÇÃO DO PARTIDO COMUNISTA (RPC)

– RESISTÊNCIA DEMOCRÁTICA (REDE)
Surgiu em 1970, fundada por ex-militantes da Vanguada Popular Revolucionária / 1. Juntou-se à Aliaça Libertadora Nacional (ALN). MIlitarista.

– RESISTENCIA ARMADA NACIONAL (RAN)
Organização subversiva fundada em 1969 por elementos do Movimento Nacionalista Revolucionário (MNR) e do Movimento Armado Revolucionário (MAR). Visava a união das esquerdas e possuía em seus quadros elementos de elevado nível intelectual.
– ANTES: GRUPO INDEPENDENCIA OU MORTE (GIM)

– RESISTENCIA NACIONAL DEMOCRATICA POPULAR (REDE; RNDP)

– SECRETARIADO INTERNACIONAL (SI)

– SECRETARIADO UNIFICADO (SU)

– TENDÊNCIA BOLCHEVIQUE (TB)

– TENDÊNCIA LENINISTA DA AÇÃO LIBERTADORA NACIONAL (TL/ALN)
Surgiu em 1971 como dissidência da Aliança Libertadora Nacional (ALN). Criticava a ALN pela distÂncia das massas e submissão a Cuba. Não chegou a se estruturar definitivamente.

– TENDÊNCIA LENINISTA TROTSKISTA (TLT)

– TENDÊNCIA MAJORITARIA INTERNACIONAL (TMI)

– TENDÊNCIA PROLETARIA DA DEMOCRACIA SOCIALISTA (TP/DS)

– TENDÊNCIA QUARTA INTERNACIONAL (TQI)

– TENDÊNCIA TROTSKISTA (TT)

– O TRABALHO NA LUTA PELO SOCIALISMO (OT-LPS)

– O TRABALHO PELA QUARTA INTERNACIONAL (OT-QI)

– UNIÃO DOS COMUNISTAS BRASILEIROS (UCB)

– UNIÃO MARXIMALISTA (UM)

– UNIÃO MARXISTA LENINISTA (UML)

– UNIÃO SOCIALISTA POPULAR (USP)

– UNIDADE COMUNISTA (UC)

– VANGUARDA ARMADA REVOLUCIONÁRIA – PALMARES (VAR; VAR-P; VAR-PAL)

– VANGUARDA POPULAR REVOLUCIONÁRIA (VPR)

– VANGUARDA POPULAR REVOLUCIONÁRIA /2 (VPR/2)
Durante o Congresso da VAR/Palmares, em setembro de 1969, no interior do Estado do Rio de Janeiro, houve divergência a respeito da “Importância da Coluna Guerrilheira” (rural), que uns julgavam prioritária sobre a Guerrilha Urbana. A discussão do problema provocou a saída de vários elementos da cúpula daquela organização, que recriaram aquela que seria a Vanguarda Popular Revolucionária / 2 (VPR/2).

– VANGUARDA SOCIALISTA (VS)

– VERTENTE SOCIALISTA (VERSO), etc.

(milhares de fanáticos ainda vivos, parentes doutrinados e ainda extremamente atuantes).

ESTA É A CAUSA DOS COMUNISTAS TEREM ASSUMIDO O PODER.

QUEM RACIOCINA ENXERGA EXATAMENTE QUE O PLANO GRAMSCISTA JÁ ESTÁ TENDO O FINAL DESEJADO.

ADEUS BRASIL…!!!…???

Advertisements

Sobre liciomaciel

Velejador
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Uma resposta a NINGUÉDM TEM MAIS DÚVIDA: O BRASIL JÁ É UM PAÍS COMUNISTA, DOMINADO POR UMA COMUNALHA DESQUALIFICADA

  1. Tony diz:

    Só faço um adendo que os desqualificados estão também dentro das Fraquezas Desmoralizadas. Mais precisamente em seus comandos. E os “bravos” da reserva, muitos tão ou até mais responsáveis que os da ativa por esse estado de coisas, nada fazem, a não ser fingir indignação aqui e acolá…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s