EXÉRCITO DE QUE MESMO, TCHÊ?

 
 

O AFASTAMENTO DO GENERAL ANTONIO HAMILTON MARTINS MOURÃO

O Comunismo já tentou tomar o poder no Brasil várias vezes.

Em 1935, no episódio que constituiu a cognominada Intentona Comunista; em 1964, pela guerra revolucionária comandada por Jango e Brizola e, na década de 1970, com a guerrilha urbana e rural – em todas estas foi derrotado pelas Forças Armadas.

No momento, age com a utilização da estratégia marxista do Gramscismo, conduzida pelo PT de Lula e Dilma, que silenciou as Forças Vivas da Nação, incluindo as Forças Armadas.

No meio deste silêncio, surge na Ativa um Oficial General valente, o Gen Mourão, que exerce com acentuada liderança o Comando Militar do Sul.

Destemido, expressou com coragem sua posição contrária ao Comunismo, mantendo a tradição que sempre caracterizou as Forças Armadas, a de rejeitar e contrapor-se a esta maligna ideologia.

Para nossa tristeza, foi afastado de seu cargo.

O Grupo Inconfidência repudia com veemência a exoneração do bravo Gen Mourão e enfatiza, para meditação, o dístico sempre presente ao pé da primeira página do Jornal Inconfidência: “As Forças Armadas têm o dever sagrado de impedir, a qualquer custo, a implantação do Comunismo no Brasil”.

Reynaldo De Biasi Silva Rocha – Cel                                                         
Presidente do Grupo Inconfidência                                               

Área de anexos
Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s