REAJA, LULU!!!

DerciGonça2

AGORA, A BOLA DA VEZ É A POLÍCIA FEDERAL: POR DECRETO, ESTÃO IMPEDIDAS DE INVESTIGAR OS LADRÕES LULA & FAMÍLIA…

O Decreto 8515/2015

As Forças Armadas de todos os países, basicamente, têm as mesmas finalidades, entre outras, a defesa da pátria.

Por seus objetivos, em geral, de altos propósitos, elas são formadas segundo padrões de nível elevado.

Dentro delas são preconizados o respeito aos superiores, a conduta honrada, o espirito de união e a atenção para com os subordinados. Em geral, elas possuem normas, regulamentos e legislação coerentes com as suas condutas e procedimentos.

Os militares são orientados para os princípios da cidadania, e seus integrantes sabem que o poder militar é subordinado ao poder civil, pelo menos, se este for legal.

Por vezes, indagamos o que ocorreu com determinadas Forças Armadas, como a de Cuba, da Venezuela, da Coreia do Norte e de uma série de países, onde em lugar do regime democrático vicejam explícitas ditaduras.

Para os militares nacionais, por vezes surgem indagações de como em tais ditaduras, os militares são coniventes com aqueles tiranos e defendem com as próprias vidas conhecidos facínoras.

Sentimos um pouco de vergonha, pois imaginamos que eles, como os militares nacionais, tiveram os mesmos parâmetros na sua formação e, no entanto, são coniventes com os seus desgovernastes, e atuam como instrumento de força nas mãos de canalhas.

E pensamos no Brasil e imaginamos o que não estamos fazendo e até que ponto somos os escudos de conhecidos patifes, que podem por uma simples assinatura em qualquer tipo de Decreto fazerem o que quiserem.

Assistimos inertes à criação do Ministério da Defesa, tivemos ministros da mais baixa categoria, todos escolhidos a dedo entre os incapazes.

Foram bofetadas públicas de desrespeito às Forças Armadas.

Cada ministro deixou sua marca no M D, alguns de forma vergonhosa, uma vez que o próprio desgoverno decretou que antigas autoridades militares não poderiam assumir tal cargo.

A partir da criação do ministério, os antigos Cmt de força, que participavam das reuniões governamentais foram alijados. Na verdade, tornaram – se a quinta roda da carroça.

Quando recordamos sobre o zero à esquerda que os comandantes militares de Cuba, da Venezuela e de outras nações se transformaram, aos poucos analisando o cenário nacional e o desenvolvimento das ações depreciativas desencadeadas pelo executivo nos últimos anos, inclusive a fatídica Comissão da Verdade, concluímos como os nossos chefes militares foram reduzidos a pó de merda.

Pelo Decreto 8515/2015, a inútil delegou ao Ministro da Defesa uma série de competências. Retirou dos Cmt de Forças a prerrogativa para decidir sobre vários atos, assumidos por delegação após a criação do MD e extinção dos Ministérios Militares, consequentemente, dos cargos de ministros militares.

O Decreto nos fornece uma prova contundente de como desprestigiar e desmoralizar as autoridades militares.

Pobres chefes militares reduzidos a mero guarda –  costas das nefastas autoridades civis, que se esmeram em denegrir suas mais nobres intenções.

Não preconizamos uma intervenção armada, porém até um rato encurralado num canto reage: é legitima defesa, preceito consagrado no Direito e que deve, sim, em caos, ser exercido pronta e plenamente.  

Quem sabe, o quanto já estamos encurralados?          

 

Brasília, DF, 07 de setembro de 2015

Gen. Bda Rfm Valmir Fonseca Azevedo Pereira

 

Responder Encaminhar
Clique aqui para Responder ou Encaminhar

Sobre liciomaciel

Velejador
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

3 respostas a REAJA, LULU!!!

  1. Tony diz:

    Esse merda ainda diz que não preconiza intervenção armada. Não é homem nem pra assumir o que sabe ser a única solução. E ter pena desses chefes militares? Desses traidores, canalhas, covardes que estão no bolso da quadrilha? Eles estão longe de ser vítimas. Os militares apoiaram a ditadura populista de Getúlio, e apoiarão mais essa, a ditadura do crime institucionalizado, que será a ruína definitiva do Brasil. Infelizmente não tem homem na reserva para dar a esses cachorros fardados, traidores, o que eles merecem.

  2. proscrito diz:

    ..desde a Lei terrorista n. 12.528/2011, o Brasil está composto pela nação na “Marcha da Família Com Deus Pela Liberdade da Revolução de 64” e os terroristas bandidos remanescentes com os deficientes morais e intelectuais que com eles se arregimentam. Sem presidente da república, porque Dilma Vana Rousseff decaiu do mandato desde esse momento que conspirou contra a Constituição e se impôs como ditadora acima do povo, da Lei e da Ordem. E como tal, já estava constitucionalmente impedida de concorrer a qualquer mandato eletivo. Entretanto, cabia ao povo pelo Ministério Público Federal, pela Ordem dos Advogados do Brasil e por qualquer cidadão tê-la impedido por REAÇÃO DE CIDADANIA que poderia ter culminado com INTERVENÇÃO CONSTITUINTE. Ninguém se manifestou. Mas isso não sana a natureza de pleito eleitoral terrorista, das eleições que lhe forjaram o mandato. A cujo atentado, se soma mais o fato do pleito eleitoral ter sido promovido pelo Foro de São Paulo composto pelo PT, PDT, PC do B, PPS, PCB, PSB e PLT, que assim, atentou contra a Segurança Nacional; e mais o fato de ter sido custeado com dinheiro roubado da Petrobras, BNDES, Eletrobrás, cofres públicos e do povo.
    E, diante da INTERVENÇÃO CONSTITUINTE em fase de efetivação com a posse do Exmo. Sr. Gen. de Ex. Eduardo Dias da Costa Villas Boas deferida perante o Supremo Tribunal Federal para o dia 05 de outubro de 2.015, Dilma Vana Rousseff e Eduardo Bacellar Leal Ferreira, dizendo-se em execução do art. 84, caput, inciso VI, alínea “a” da Constituição, declara confronto à nação, por deboche do povo na Constituição. Porquanto a Constituição institui os investiduras mandatarias de comando supremo e autoridade suprema ao Presidente da República que são indelegáveis. E somente dentro dessas investiduras o Presidente da República tem ascendências sobre as Forças Armadas que não são instituições constitucionais e sim, são instituições nacionais permanentes e regulares organizadas com base na hierarquia e na disciplina. Isto porque as Forças Armadas personificam o POVO EM PODER CONSTITUINTE pelo qual se instaura em Processo Histórico pela Constituição promulgada pelo mesmo. E, a Constituição brasileira se distribui em: 1) poder constitucional; 2) poder constituinte. O desempenho de governo o Presidente da República opera pelo poder constitucional; o desempenho de magistratura ele opera pelo poder constituinte. Por isso, o art. 84 da Constituição, que institui as atribuições de governo e de magistratura do Presidente da República, personaliza no inciso XIII, a sua atribuição de magistratura sobre as Forças Armadas, que é: “exercer o comando supremo das Forças Armadas, nomear os Comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica; promover seus oficiais-generais e nomeá-los para cargos que lhes são privativos.” Nada tendo em comum com o inciso VI, alínea “a” do mesmo art. 84 que institui: “organização e funcionamento da administração federal, quando não implicar aumento de despesa nem criação ou extinção de órgãos públicos.” Pois, as Forças Armadas só se ligam à administração federal na quota que lhes é reservada no Orçamento da União. Em cuja ligação, estão sujeitas a cortes e à suplementações, mediante aprovação do Congresso Nacional. Fora disso, as Forças Armadas têm administração própria, e a sua dinâmica de pessoal está instituída pelo art. 142 §§ 1º, 2º, 3º e incisos e art. 143 §§ 1º, 2º.
    O Decreto nº 8.515 de 03.09.2015 É MAIS UM ATENTADO TERRORISTA CONTRA A CONSTITUIÇÃO, VISANDO A DESTRUIÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS PELA INDISCIPLINA E QUEBRA DA HIERARQUIA. Objetivo apátrida esse, que há 13 anos os “BANDIDOS DE SINDICATOS QUE TRANSFORMARAM O BRASIL NUM SINDICATO DE BANDIDOS,” VÊM TENTANDO FAZER, TENDO, INCLUSIVE, ANUNCIADO VARIAS VEZES, A PAR DA CRIAÇÃO DA CORTE MARCIAL QUE CHAMARAM DE “COMISSÃO NACIONAL DA VERDADE,” A EXTINÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS. E/OU ABSORÇÃO DELAS PELA CHINA E RUSSIA.
    Com esse ato terrorista a BANDIDAGEM COMUNISTA TERRORISTA FUNDAMENTALISTA no poder encerra o limite da tolerância desde 18.11.2011, porque, face a todas as ameaças e movimentos de Dilma Vana Rousseff como apátrida e inimiga declarada do povo brasileiro a 46 anos, ela vem declarando guerra terrorista até em apresentação da sua bandidagem no Gabinete da Presidência da República.
    https://celioevangelistaferreira.wordpress.com/2015/09/06/o-povo-em-poder-constituinte/

  3. Bueno, bueno, então os civis (paisanos) só fazem merda? Pois é, e as FFAA que estão dentro do vórtice do furacão que as destrói, e nada fazem, não reagem? Será que essa omissão ou cumplicidade silenciosa não é pior do que toda a “merda” que os paisanos já fizeram?

    Em tempo, o Gen. Bda Rfm Valmir Fonseca Azevedo Pereira é um Fabianista, portanto socialista e que veio omitindo-se à situação já a dezenas de anos, e agora acordou? Então, senhor gal Fonseca, é ou não um Fabianista, e responda jurando por sua honra de militar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s