PRISÃO DE UM PEDERASTA CONFESSO – coitadinho, dirão os babacas afrescalhados…

19/07/2015

Prisão de “LULA”, de forma secreta e longe da imprensa assessores estão negociando com PF e Juiz Federal Sergio Moro

Para os brasileiros mais informados e patriotas já se notou desde muito tempo que as instituições do país estão aparelhadas pelo jugo de um partido político e seus aliados. Uma das provas disso é que a pedido do Instituto Lula, o Ministério Público Federal no Distrito Federal decidiu decretar o sigilo sobre a investigação envolvendo o ex-presidente, suspeito de ter praticado tráfico de influência internacional. Apesar do caso ser de notório interesse público, pois envolvem informações de recursos do BNDES destinados às obras da construtora Odebrecht no exterior, a partir de agora somente as partes terão acesso ao procedimento investigatório criminal, instaurado no último dia 8 de julho.

Instituto Lula, o Ministério Público Federal no Distrito Federal decidiu decretar o sigilo sobre a investigação envolvendo o ex-presidente, suspeito de ter praticado tráfico de influência internacional.No entanto, o ex-presidente Luis Inácio Lula da da Silva através de sua assessoria do Instituto Lula, comunicou que o mesmo está negociando com a Polícia Federal e com o juiz federal Sérgio Moro que sua provável prisão seja em caráter secreto e longe da Imprensa e que seja somente comunicado ao público quando já se encontrar nas carceragens da Polícia Federal em Curitiba. Ainda exige que seja comunicado com antecedência de um dia e que também não seja algemado. E que, caso seja, que se algeme com as mãos para frente e com um paletó cobrindo-as além de uma cela especial para que possa manter comunicação com seus correligionários e assessores bem como os aliados de ideologia política.Mais informações sugerem que até 16 de Agosto a prisão de Lula pode ser decretada . Tentamos entrar em contato com a equipe do juiz Sérgio Moro mas ainda não tivemos retorno.De Brasília para o CANAL 1.

O​“guerreiro” sucumbe e ameaça Lula, Dilma e o PT

À beira de voltar à prisão, Dirceu revela abatimento, diz que não suportaria uma nova temporada na cadeia e avisa que pode estourar. Até agora, porém, seus recados não surtiram efeito

Josie Jeronimo (josie@istoe.com.br)

Nos últimos dias, o ex-ministro José Dirceu distribuiu uma série de recados. A maior parte deles endereçada a dirigentes do PT, integrantes do governo Dilma Rousseff e ao ex-presidente Lula. No mais contundente dos desabafos feitos recentemente, disse que está no limite da sua paciência e prestes a estourar. Ex-homem forte do governo Lula, Dirceu guarda consigo o segredos mais recônditos da era petista no poder. Foi ele quem pavimentou a caminhada do partido até o Planalto. Sabe como poucos os atalhos – republicanos ou não – utilizados pelo PT para chegar lá. Conhece como ninguém as práticas do mesmo PT no exercício da Presidência da República, incluindo o esquema do Petrolão ao qual ele próprio está associado e que, por essa razão, vive sob a ameaça de regressar à prisão. Atualmente ele cumpre regime domiciliar pela condenação do mensalão.

DIRCEU-ABRE-IE.jpg

HÁ CONTROVÉRSIAS
O advogado de José Dirceu alega que o petista já está preso,
profissionalmente inativo e de mãos absolutamente atadas

Dez quilos mais magro, Dirceu confidenciou a interlocutores que não suportaria um retorno à cadeia. Quer ajuda para evitar um novo infortúnio. Caso contrário, não responderá por si. Se ele vai cumprir o que insinua em seus recados, ninguém sabe. Mas pessoas que estiveram com ele nas últimas semanas garantem que aquele “guerreiro” da esquerda, de punhos cerrados erguidos, realmente sucumbiu ao medo. A apreensão é ilustrada pelo tom clemente adotado no pedido de manutenção de sua liberdade apresentado ao juiz da 13ª Vara Federal Sérgio Moro, na noite de terça-feira 14. “Tamanha a angústia do peticionário, que, já com seus 70 anos e rotulado indelevelmente de inimigo público, não aguenta mais a situação a qual é submetido diariamente”, escreveu Roberto Podval, advogado do ex-ministro. Nas últimas duas semanas, a defesa do ex-ministro apelou preventivamente três vezes à Justiça do Paraná contra a prisão do petista. No dia 2 de julho, um pedido habeas corpus foi apresentado e rejeitado. Agora, numa nova estratégia, Podval recorre à sensibilidade de Moro. 

Desde que a empresa de consultoria de Dirceu, a JD Assessoria, surgiu nas investigações da Operação Lava Jato como possível elo do esquema de lavagem de dinheiro, o ex-ministro passou a integrar o “núcleo petista” do Petrolão, juntamente com o ex-tesoureiro da sigla João Vaccari Neto, o ex-diretor da Petrobras Renato Duque e o ex-deputado André Vargas. Dois depoimentos prestados à Justiça na tarde de terça-feira 14 complicaram ainda mais a vida de Dirceu. Ex-consultor da empresa Toyo Setal, Júlio Camargo informou que entregou R$ 4 milhões em espécie para o ex-ministro a pedido de Duque. O ex-gerente de Engenharia da Petrobras, Pedro Barusco, outro delator da Lava Jato, reforçou o envolvimento do petista. Disse que o nome de Dirceu surgiu nas conversas sobre os repasses de propinas. “Se ele recebeu, eu não posso dizer. Não era papel meu. Mas o nome dele (Dirceu) aparecia nas conversas”, afirmou Barusco.

IE2381pag48e49_Dirceu_Attuch-1.jpg

A fragilidade emocional, a idade de Dirceu e o bom comportamento do ex-ministro durante os 354 dias em que ficou preso após a condenação do processo do mensalão são alguns dos argumentos utilizados pelos advogados para evitar que ele volte à cadeia por um segundo escândalo que atinge o governo e o PT. Podval insiste que seu cliente não vai fugir e alega que Dirceu está sendo vigiado até pela imprensa, que faz plantão diário na porta de sua casa. “José Dirceu já está preso, profissionalmente inativo e de mãos absolutamente atadas”, apelou. A Força Tarefa da Lava Jato, porém, não tem a imagem de um Dirceu assim tão inofensivo. A hipótese de fuga é descartada, mas a influência política e empresarial do ex-ministro ainda tem forte alcance e a Polícia Federal está atenta a manobras que possam prejudicar o avanço das investigações da Lava Jato.

​===========================================
EX-DIRETOR DA PETROBRAS, RENATO DUQUE NEGOCIA DELAÇÃO PREMIADA
EX-DIRETOR DO PT NA PETROBRAS, RENATO DUQUE PODE VIRAR DELATOR
Publicado: 18 de julho de 2015 às 10:29 – Atualizado às 13:09
Redação
   

RENATO DUQUE, EX-DIRETOR DA PETROBRAS, QUER ABRI NO O BICO NA LAVA JATO. FOTO: CASSIANO ROSÁRIO/AE

O ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque estuda firmar um acordo de delação premiada com a força-tarefa da Operação Lava Jato. Duque está preso preventivamente desde 16 de março e é apontado como elo do PT no esquema de pagamento de propinas na estatal.

O advogado Alexandre Lopes, que defende o ex-diretor, disse ontem que “não é impossível” que ele faça contribuição premiada por causa de sua situação psicológica, mas negou que ele já tenha fechado o acordo com o Ministério Público Federal.

Segundo o advogado, caso Duque decida fazer a delação, o acordo será mediado por outro escritório de advocacia. Ontem o ex-diretor da Petrobras ficou em silêncio durante a audiência na Justiça Federal em Curitiba em ação penal na qual responde por organização criminosa, lavagem de dinheiro e corrupção passiva. Na mesma ação, também são réus o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e outros 25 investigados.

A defesa de Duque pediu ao juiz Sérgio Moro uma “entrevista prévia e reservada” antes da audiência marcada para a tarde de ontem.

O ex-diretor da Petrobras foi preso após a Polícia Federal sob a acusação de tentar ocultar patrimônio não declarado na Suíça por meio da transferência de 20 milhões de euros para uma conta no Principado de Mônaco. Ele teria assumido o cargo com o apoio do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu – que nega a indicação.

 

Anúncios

Sobre liciomaciel

Velejador
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s